Empresas em que fiz identidade verbal

C&A:

       

 

Esse é um livro de marca  que fiz para distribuição interna na C&A. Fiz pequenos contos misturados a desenhos e cartas dos funcionários, um trabalho em parceria com o diretor de arte, Antônio Teles, que traduz o engajamento de marca de um jeito muito original, lúdico, bem humorado, lindo. Acima, a capa e algumas páginas. Editado pela Livre Conteúdo.

 

INTERBRAND:

 

Trabalhei na consultoria multinacional de marcas INTERBRAND, em 2008 e 2009, como coordenadora de identidade verbal.

Ali coordenei a criação de textos de identidade verbal desta consultora de marcas multinacional. Criei a identidade verbal de USIMINAS, e junto com os designers, fizemos um flip book com os valores da marca. Lá também fiz projetos como disco para uma cerveja (Original), textos de embalagens para a Sadia, colaborei em diversos manuais de marcas como, por exemplo, da Votorantim, e até fiz a identidade verbal de um projeto de futebol para a Copa do Mundo no Brasil.

Também para a Interbrand, editei uma publicação sobre desempenho de marcas em 2008. E colaborei num projeto, em 2009, de um amplo estudo sobre marcas brasileiras feito pela equipe da consultoria, que mostrava como o Brasil pode competir no mercado internacional.

Como free-lancer, editei um brandbook para a Antarctica na consultoria Future Brand.

 

SANOFI-AVENTIS:

Engajamento de funcionários: revista especial ZOOM: criei e editei um projeto de revista interna sobre as realizações da sanofi-aventis. Fiz as edições de 2011, 2012 e 2013.

 

 

BRADESCO:

Um projeto de engajamento de funcionários. Criei o projeto, escrevi e coordenei toda a edição do livro MODERNO EM CADA TRAÇO, sobre o hospital Edmundo Vasconcelos, com ensaio de fotos de Ana Ottoni e direção de arte de Luciana Cury. É a história deste hospital, o único desenhado por Oscar Niemeyer em São Paulo, que teve paisagismo de Burle Marx e painéis de Di Cavalcanti. Como o hospital não tinha história escrita, recontei sua trajetória pelos depoimentos e alinhavando-a com o projeto de um Brasil moderno, futurista, que surgiu nos anos 1950.

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: