O amor começa

Resolvi declarar homenagem/paródia ao “O Amor Acaba”, de Paulo Mendes Campos, que foi um dos escritores que melhor descreveu a paixão. É também uma vontade de dizer que sim, o amor acaba, mas também recomeça sempre. E, bom, é uma forma bem malandra de eu declarar o meu amor.

 

O amor começa. No primeiro beijo visto no cinema, ali na tela, o ator e a atriz cintilantes como se a vida, tirando umas passagens meio difíceis no roteiro, fosse sempre uma delícia. No primeiro beijo eu daqui da plateia, ele ainda atrapalhado, sem saber se tem limite onde botar as mãos. Na primeira vez que fomos juntos para o mar, água batendo nas pernas, o verde perto da areia, o azul lá longe, vontade do momento durar para sempre. No primeiro macarrão feito sem pressa, tomate cortadinho aos poucos, manjericão, depois o queijo, taças de vinho e sorrisos que prometiam sensações. Nas primeiras sensações. Na primeira música enviada por email, a letra dizendo as coisas que ele não consegue dizer.

Nas primeiras bolhas de champanhe geladinho o amor começa. Na primeira caminhada pela avenida, tarde da noite, vento no rosto, assunto que não acaba nunca… Na primeira reconciliação depois da frase torta, discussão boba, mas deu aperto no estômago, medo de perder. Na primeira mesa com os amigos dele, orgulho de ser apresentada na roda, agora é para valer. No primeiro encontro com a mãe dele – se o encontro for bom. No primeiro silêncio confortável, sem precisar dizer nada, como se nós dois pensássemos em voz alta sobre qualquer coisa. No primeiro sorvete, fim de tarde, risos só de olhar quem passa, ouvir a conversa vizinha, e imaginar as mesmas coisas.

Na primeira vez que ele conta um filme, e se empolga, e eu me emociono de ouvir, como se assistisse junto, ou só porque é tão bonito o jeito que ele conta. Na primeira vez que ele se emociona com o que escrevi. O amor começa quando ele não sai de perto na hora da minha doença. Na primeira vez que ele vê futebol com o meu pai. No primeiro passeio dele, atento, com a minha cachorra. No primeiro presente dele para a minha filha. No primeiro churrasco que ele se arrisca a fazer. O amor começa quando ele chega. E traz um chocolate. O amor começa antes de ele dizer eu te amo. Mas começa bem melhor quando ele diz.

 

 

Anúncios

11 Comentários (+adicionar seu?)

  1. O avesso do bordado
    abr 23, 2012 @ 15:22:14

    Cris, que inspirada!!!!!!!!!! linda declaração! e ritmo bem gostoso.

    Responder

  2. O avesso do bordado
    abr 23, 2012 @ 15:23:24

    Cris, que inspirada!!!! linda declaração! e o ritmo é uma delícia. beijo

    Responder

  3. Katia Azevedo
    abr 24, 2012 @ 19:00:53

    só você Cris Ramalho,, pra conseguir traduzir em palavras tudo o que penso.. O amor é mesmo assim e estou bem feliz que vocês estejam se amando muito.. Lindo que só.. Beijão!

    Responder

  4. Beth Lopes
    abr 24, 2012 @ 22:45:59

    Você é sensacional, minha amiga! Lindo que só, como diz a Katia. É muito bom te ver feliz, apaixonada, correspondida. Você merece messsmo! Bjão

    Responder

  5. Jo Elias
    abr 25, 2012 @ 02:14:06

    Ficou lindo, Cris!! keep posting!!!

    Responder

  6. Fernanda Bô
    abr 25, 2012 @ 12:59:39

    Cris querida!! O Paulo Mendes Campos está orgulhosíssimo de vc!!! Lindo e com aquela magia que vc sempre coloca nos seus textos. Beijos enormes!

    Responder

  7. flupppensa
    abr 26, 2012 @ 03:23:45

    quase fui às lágrimas. beijos. daqueles primeiros.

    Responder

  8. Valéria Sândalo
    maio 14, 2012 @ 09:13:32

    Tem tantas vezes que ele começa e recomeça! Ainda bem que nós sabemos, minha querida! Te amo, beijos!

    Responder

  9. Luiz Maciel
    jun 13, 2012 @ 19:47:48

    Delícia de texto, Cris. Tá começando um novo amor? Tomara que sim. Bjs

    Responder

  10. Flavia Mendonca
    jun 14, 2012 @ 10:15:03

    O amor começa quando a gente vê futebol só pra ficar do ladinho, ou nunca esquece de repor aquele iogurte de gosto horrível que ele sempre toma de manhã rsss.
    Adorei Cris!
    bjs

    Responder

  11. Lu Wolf
    jun 14, 2012 @ 18:25:31

    Cris, adorei! Muitos beijos!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: